Home » Mãos que criam. A olaria em S. Pedro do Corval by Antónia Fialho Conde
Mãos que criam. A olaria em S. Pedro do Corval Antónia Fialho Conde

Mãos que criam. A olaria em S. Pedro do Corval

Antónia Fialho Conde

Published 2013
ISBN :
Paperback
Enter the sum

 About the Book 

A Olaria é uma das expressões patrimoniais em que não podemos dissociar a dualidade entre o património material e o imaterial, aliando de forma sábia os princípios clássicos da utilidade e da beleza. É este património que devemos acarinhar eMoreA Olaria é uma das expressões patrimoniais em que não podemos dissociar a dualidade entre o património material e o imaterial, aliando de forma sábia os princípios clássicos da utilidade e da beleza. É este património que devemos acarinhar e reconhecer, enquanto prática cultural, ainda património vivo, e que confere à actividade oleira de S. Pedro do Corval um sentido de identidade a que devemos procurar garantir a continuidade. Trata-se, porém, de um património de cuja fragilidade nos devemos aperceber, e de que cada vez mais a UNESCO, especialmente depois da adopção da Convenção do Património Cultural Imaterial de 2003, recomenda a salvaguarda. Esta Convenção entrou em vigor em Abril de 2006, e estrategicamente já estabeleceu uma lista a nível mundial de mais de 90 exemplos de Património Cultural Imaterial, bem como uma lista de Mestres do Património Oral e Imaterial em vários domínios : tradições orais- artes do espectáculo- práticas sociais, ritos e eventos festivos- conhecimentos e práticas relativos à natureza e ao universo e todos os saber-fazer ligados ao artesanato tradicional. Uma das principais ameaças deste tipo de património é a diminuição daqueles que o praticam, testemunhado, no caso de S. Pedro do Corval, pela falta de aprendizes de olaria, sendo que um meio viável para assegurar a sua subsistência é o encorajamento da transmissão desses saberes e a vontade de os transmitir.